A jovial entrada na Glória

Editorial - Novembro 2017 - Nº425


Tema do ano 2017-2018:
A Alegria da Salvação


Como é que vamos viver o nosso mês de novembro?

Ele principia efetivamente pela festa de Todos os Santos, a recordar essa santidade à qual somos todos chamados. E no dia seguinte, eis que comemoremos a memória dos defuntos! Que contraste… E no entanto, esses dois primeiros dias do mês estão fundamentalmente ligados.

Para alcançar a alegria do Céu, é necessário morrer, pela força da natureza. É preciso não só que a nossa vida se termine na terra, obviamente, mas essa morte não é a única que está em causa.

Temos tanta coisa que nos empecilha o coração. Vai ser necessário fazer ‘morrer’ em nós aquilo que nos afasta de Deus: Os nossos egoísmos, os nossos medos, o nosso pecado… É suficiente ceder-lhe algum lugar, de o deixar transfigurar as nossas vidas. Muitas vezes procuramos o sensacional e a santidade está escondida na banalidade do nosso dia-a-dia. Não é tão complicado como isso: Basta darmos a cada momento da nossa vida o seu peso de amor. E então tudo muda!

Ainda estamos no centenário das Aparições de Fátima. Uma das primeiras questões que as crianças colocam à bela Senhora diz respeito ao Céu: «E nós também vamos para o Céu?»

Eis a maneira como vamos viver o mês de novembro: Pedindo ao Senhor, sob o olhar de Maria: «Senhor também eu irei para o Céu?»

Nós fomos escolhidos para ser salvos e para entrar na posse da glória de Nosso Senhor Jesus Cristo (cf 2 Th 2, 13-14). É necessário implantarmos em nós o desejo do Céu.

É já desde a nossa estadia na terra que devemos preparar a jovial entrada na Glória.

Essa entrada, peçamo-la para os nossos defuntos, peçamo-la para cada um dentre nós, pela intercessão de todos os santos!


Fr. Louis-Marie Ariño-Durand, o.p.

Assistente internacional


Équipes du Rosaire International
1, Impasse Lacordaire
F-31078 TOULOUSE
FRANÇA
Équipes International

Category:
Portuguese