Documents

Krunica - "evanđeoska molitva"

Uvod

Glasoviti talijanski fizičar Aleksandar Volta (1745-1827) posebno je častio Bl. Dj. Mariju koju je nazvao i "Prijestolje mudrosti". Njegov znanstveni rad odvijao se je ispred jednog oltara njoj posvećena a pred njezinom slikom uvijek je gorjelo svjetlo i stajalo svježe cvijeće. Svojom velikom dužnošću smatrao je dnevno moljenje krunice te je govorio da mu je ,,krunica velika i sigurna okrepa u večer svakog napornog dana". A sv.

Croatian

15 lời hứa của Mẹ Maria

1. Mẹ hứa sẽ gìn giữ một cách đặc biệt và ban nhiều ơn cao cả cho tất cả những ai sốt sắng lần hạt Mân Côi.

2. Ai kiên trì lần hạt Mân Côi sẽ nhận được một số ân sủng (nhãn tiền) có thể nhìn thấy được.

3. Kinh Mân Côi sẽ là áo giáp đầy uy lực để chống lại hỏa ngục. Kinh Mân Côi tiêu diệt thói hư tật xấu, giải thoát khỏi tội lỗi, và phá tan các lạc thuyết.

Vietnamese

O Rosário, património da tradição espiritual da Ordem de São Domingos

O anterior Padre Mestre Geral, na sua carta à Ordem para o Ano dominicano do Rosário diz: «Para concentrar a reflexão comum num mesmo centro de interesse durante o ano que se inicia, proponho que se comece a renovar o nosso modo de vida de pregadores, descobrindo o Rosário como meio de contemplação e instrumento de pregação profética. De muitos modos o Rosário, enquanto contributo propriamente dominicano para a vida da Igreja, fugiu-nos das mãos. Do Rosário resta uma experiência pouco viva na Ordem»[fn]Frei Carlos Azpiroz Costa, O.
Portuguese

La mort de Jésus sur la Croix et le Psaume 30

Jésus mourant sur la Croix cite lui-même un verset du psaume 30 :

En tes mains, Seigneur, je remets mon esprit. (v. 6a)

Jésus, tout Dieu qu’il est, se confie au Seigneur, aux ‘mains’ du Seigneur. Cela nous invite à être souples et libres quand nous usons d’anthropomorphismes pour parler de Dieu. St Irénée aimait parler du Fils et de l’Esprit comme des ‘2 mains’ du Père. Laissons se superposer ces images toutes imparfaites mais complémentaires pour approcher le Mystère.

A l’heure de la mort, la confiance et la vérité triomphent dans les sentiments de Jésus :

French

Rainha do Santíssimo Rosário

No célebre quadro pintado para a igreja dominicana de Cingoli, na região italiana das Marcas, por Lourenço Lotto (1480-1556), representa-se S. Domingos rodeado de S. Tomás de Aquino e de Sta. Maria Madalena, com um enorme rosetão de quinze medalhões que os encima, e cada um dos quais representa um mistério da vida de Cristo e de Nossa Senhora. Esta aparece a mostrar o rosário. Evidentemente, nesta tela, mais do que a origem do Rosário, deve ver-se o resultado de uma devoção similar à que continua viva no povo cristão.

Portuguese

Origem e poder do Rosário

Segundo uma respeitável tradição, aceite por numerosos Papas e pela liturgia da Igreja, no século XIII a Santíssima Virgem terá inspirado a S. Domingos de Gusmão a oração do Rosário, embora não exactamente como a temos hoje, mas nos seus elementos essenciais. No Breviário Romano – hoje Liturgia das Horas – podia ler-se: “Quando a heresia albigense causava graves danos entre os cristãos, alastrando sobretudo pelo Sul de França, S.
Portuguese

Maria e os primórdios da Ordem de São Domingos

Todos os anos, no dia 8 de Maio, na Ordem de S. Domingos se comemora a festa litúrgica do Patrocínio de Nossa Senhora sobre toda a Família Dominicana. Constitui esta celebração uma excelente oportunidade para recordarmos a singular intervenção de Nossa Senhora no nascimento da Ordem de Pregadores e na sua contínua e especialíssima protecção, experimentada pelos filhos de S.
Portuguese

Maria e S. Domingos

Conta-se que Nossa Senhora, qual ama celestial, teria cuidado de S. Domingos, desde pequenino: "Deste encantador e santo menino me encarreguei eu desde que nasceu", terá dito Maria a uma sua grande devota, a Venerável Marina de Escobar, ao aparecer-lhe, um dia, com o menino Domingos nos braços.

Estaremos perante uma lenda, por certo, mas a verdade é que entre S. Domingos e Nossa Senhora reinou sempre um amor inigualável.

Portuguese

Ingravescentibus malis - Pío XI

I. Introducción

No solamente una vez hemos afirmado -como recientemente lo hemos hecho en la Carta Encíclica Divini Redemptoris, que a los males cada vez más graves de nuestro tiempo no se puede dar otro remedio que el del retorno a Nuestro Señor Jesucristo y a sus santísimos preceptos. Sólo Él tiene palabras de vida eterna[fn]Juan 6, 69.[/fn]; y ni los individuos ni la sociedad pueden hacer cosa alguna que pronto y miserablemente no decaiga, si dejan aparte la majestad de Dios y repudian su ley.

Spanish

Pages

Subscribe to Documents