Centenário das Aparições na Cova da Iria (1917-2017)

Com júbilo e gratidão celebremos os cem anos das aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta, na Cova da Iria, em 1917. Queremos agradecer ao Senhor tantas graças e bênçãos que nos tem concedido por intermédio de Nossa Senhora e dos pastorinhos, queremos seguir o seu exemplo na prática das virtudes cristãs: a obediência a Deus Pai e a Nossa Senhora, a humildade e a verdade, a oração e os sacrifícios. Que eles nos concedam uma Fé verdadeira, vivida e testemunhada com humildade, e ainda acompanhada com a virtude da gratidão. NesteCentenário das Aparições de Nossa Senhora aos Pastorinhos de Aljustrel pedimos a Nossa Senhora do Rosário de Fátima que interceda, junto de Deus, pela humanidade pecadora e nos alcance a paz mundial.

Os pastorinhos atenderam os pedidos da “Senhora mais brilhante que o sol”. Submeteram-se com humildade ao que a Mãe de Deus lhes pediu, fortalecidos na fé, no amor ao verdadeiro Deus e ao próximo e a sua compaixão para com os doentes e os pobres. Os pastorinhos aceitaram com humildade que a sua fé fosse posta à prova, aceitaram todos os sofrimentos com muita humildade e resignação, com total confiança em Deus e em Nossa Senhora.

Olhando para os nossos dias, não há dúvida que às vezes é mais difícil lembrarmo-nos de Deus nos momentos de felicidade do que nas situações de sofrimento. Face ao sofrimento e às dificuldades da vida, todos somos muito rápidos a pedir a Deus que intervenha em nosso favor nesta ou naquela situação, que nos conceda esta ou aquela graça. Quando as coisas correm mal, até aqueles que não são praticantes se lembram de Deus… mas quando tudo corre bem… quantos se lembram de agradecer a Deus os dons recebidos?

Pedimos a Deus Pai, por intermédio de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e dos pastorinhos, que todos os acontecimentos da nossa vida, - sejam eles motivo de dor ou de alegria, - sirvam para aumentar a nossa fé e também a virtude da gratidão, amando a Deus sobre todas as coisas e ao nosso próximo, como a nós mesmos.

Personal statements
Portuguese